domingo, 30 de outubro de 2016

Natureza Discreta


Nunca tinha estado na Praia do Medão – mais conhecida por Supertubos – sem o intuito de assistir às provas do WCT. Há uns dias, aconteceu.
Na verdade, não estou a contar bem a história... o objetivo era desenhar o campeonato: os espectadores na areia molhada, a massa humana que se desloca de forma sincronizada quando os surfistas saem da água, o areal repleto numa altura do ano em que já não se faz praia.

Acontece que um campeonato de surf não se coaduna com uma natureza discreta. É necessário que estejam reunidas as condições meteorológicas e geofísicas para que a expressão dos elementos naturais sirva de palco aos tube riders. Na passada sexta-feira não aconteceu.

Que bom que foi observar, pela primeira vez, as dunas da Praia do Medão, os cactos complexos, o areal quase vazio.

Um observador não exige praticamente nada da natureza.

Quem foi, nesse dia, ‘ao engano’ para ver os melhores do mundo a dançar nas ondas, encontrou um conjunto de pessoas de cadernos nas mãos, algumas de costas para o mar.
A beleza do subtil parece enorme quando olhamos melhor... e este furgão parece que está a voar porque eu não sei desenhar carros em geral, e rodas em particular.

 


 
 

 

2 comentários:

  1. Tinha-me lembrado de ti quando vi o anúncio desse WS! A carrinha ficou muito bem para quem diz que não sabe desenhar carros...

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar